VOCÊ ESTÁ EM:

ANZOL ÚNICO E SPLIT RING PARA FISGAR O SEU TROFÉU

Nem todo pescador dá o devido valor aos acessórios terminais (argolas, garateias, snaps, entre outros). Mas como toda a tralha, se essas peças forem de boa qualidade fazem uma diferença abismal - especialmente se a intenção é fisgar um grande exemplar.

Por isso é muito importante usar garateias afiadas e reforçadas. Mas, dessa vez vou falar do anzol in line.

Depois de pesquisar sobre assunto e ouvir a opinião de alguns amigos resolvi experimentar.

Existem diversas vantagens do anzol, sendo a principal a fisgada. Por ter apenas uma ponta para penetrar na boca do peixe, é preciso menos força para atravessar a pele.

Uma segunda vantagem é a abertura do anzol, que chega a ser o dobro de um dos “anzois” da garateia. O anzol também apresenta índices menores de soltura durante a briga ou um salto.

O anzol tende a machucar menos o peixe e facilita a sua retirada do animal, diminuindo o tempo de manuseio.

Geralmente, quando fazemos a troca da garateia pelo anzol, é possível usar um anzol maior e mais reforçado - o que pode garantir um bom peixe quando usamos iscas “micro”.

Com o anzol único você também consegue trabalhar a isca mais rente a estrutura porque as chances de enrosco são menores, afinal, existem menos pontas expostas.

Agora, o detalhe que mais achei legal foi o de conseguir balancear iscas de equilíbrio mais delicado.


Hoje, encontramos modelos certos para essa função, com o olho invertido, como o J2-rear da ODZ, fabricados com o material DURA-TIN que é super leve e muito resistente..

É também dessa marca japonesa, o split ring Hyper Press Ring OS-25. Fabricado com aço muito forte e tem resistência superior aos de modelos de mesmo tamanho.
 
Desenvolvido especialmente para enfrentar as grandes espécies marinhas na pesca vertical, esse split ring é ideal para a maioria das artificiais usadas para os tucunarés amazônicos - o número 4 tem a impressionante resistência de 103lb!

Por isso amigo pescador, fique atento às novidades e aproveite.

NOVIDADES NO BLOG

int_Casas: 0